0

UMA LIÇÃO APREENDIDA

Download PDF

LEAD

É comum empresas de médio ou grande porte ,além de terem estruturas fragmentadas em inúmeras “caixinhas”, separarem certas atividades como se não fizessem parte do “núcleo de interesse” para obtenção dos seus resultados econômicos e financeiros.

Para separá-las criam institutos, fundações e até grêmios. Há também aí,embutido, interesse em contar com incentivos fiscais.

As atividades “apartadas” ficam à margem das decisões centrais,sendo ,em geral, delegadas a funcionários sem nenhum poder de decisão ou participação nos “comitês” estratégicos.

A LIÇÃO DE UM PRESIDENTE

Quando era Diretor de Desenvolvimento Humano da Serasa, fui certa vez até o presidente Élcio Anibal de Lucca sugerir a criação de um Instituto para cuidar das atividades de Qualidade de Vida e Responsabilidade Social da empresa que estavam em um grau muito adiantado em relação a outras organizações. Havia muitos programas que visavam ao bem estar dos funcionários e à sua responsabilidade como cidadão.Era escola de música, inclusão de pessoas com deficiência,diversos programas de saúde,academia,escola de administração em “campus” próprio, comemorações em datas importantes, voluntariado,olimpíadas etc etc.

Recebi do principal líder da empresa uma lição que guardo até hoje e que foi importante para minha compreensão sobre o que representa uma organização à frente do seu tempo,moderna, humanizada e,por isso, vencedora na época dos grandes prêmios de gestão. Ele me disse : “essas atividades fazem parte da gestão da empresa como um todo ;é como finanças, vendas, marketing etc; quero que todos os líderes da empresa compartilhem esses programas com suas equipes; não pode existir uma outra área que realiza essas atividades como se fossem outra coisa desconectada dos programas empresariais”.

Eu que pensava que levava uma sugestão boa para o “chefe” , acabei levando para minha vida profissional uma lição importante.

EIS AÍ UMA REFLEXÃO QUE PROPONHO AOS LEITORES !

Download PDF

Milton Pereira

Há mais de 30 anos como executivo de grandes empresas, hoje atua como Consultor em Liderança, Comunicação e Educação Corporativa.

Deixe seu comentário