0

RESPEITÁVEL PÚBLICO!

Download PDF

FOI LANÇADO O LIVRO…

antecipe-o-inevitavel-a-arte-e-cincia-de-liderar-mudancas-16356-MLB6523444963_062014-O

“Antecipe o Inevitável, a Arte e Ciência de Liderar Mudanças”, de Frederico Porto, psiquiatra, nutrólogo, professor e consultor de empresas, radicado em Belo Horizonte. O conteúdo é útil para quem é líder nas empresas e para quem quer liderar sua própria vida.

Leitura recomendada- Editora Évora

TRAPÉZIO

O MELHOR DA MÚSICA BRASILEIRA

Cada vez me convenço mais que o melhor da Música Brasileira a gente só pode escutar longe dos programas de TV e Rádio. Vamos encontrá-lo em alguns shows em teatro ou em musicais bem produzidos ou ainda em barzinhos tradicionais. Fora isso, é possível ouvir também a melhor MPB no exterior. Certa vez, numa voltinha por Nova Iorque, a música ambiente que ouvi no MOMA era de Gilberto Gil (“Aquele Abraço”) e outra do Caetano, que não lembro qual. Em um shopping nas proximidades do Lincoln Center, ouvi Tereza Cristina cantando Paulinho da Viola no som  ambiental.

ALTAS HORAS MAIS CEDO

Depois que o programa “Altas Horas” começou a ser levado ao ar mais cedo, aos sábados, percebi que a preocupação com o IBOPE aumentou. Até aí… tudo bem. Eu que sempre achei que o Serginho Groisman selecionava bem seus convidados, levando música, em geral de boa qualidade (daquelas que não se têm nos demais programas de TV em horário nobre), estou mudando de canal no horário, porque não aguento mais o excesso de “funk ” com ou sem ostentação, sertanejos “primários” e falsos pagodeiros. Se é isso que dá Ibope, estamos mesmo perdidos.

dinheiro_palhaco

DATAS COMEMORATIVAS FAZEM BEM…

Uma turma da melhor Música Brasileira tem sido lembrada pelos 100 anos que cada um de seus componentes faria. Outra turma, felizmente de compositores e cantores vivos, vem sendo cantada em versos e sons, pelos 70 anos de aniversário.

No primeiro time, tem sido lembrados: Vinicius de Moraes, Nelson Cavaquinho, Adoniran Barbosa, Noel Rosa, Caymmi e outros “bambas”. No grupo dos setentões, já foram comemorados Caetano, Gil, Paulinho da Viola e, agora, Chico Buarque. Não se esqueça de que essa turma fez nos anos 60 e 70 a nossa música ser a de maior brilho e criatividade. Pena que não estejam entre nós as fabulosas Clara Nunes e Elis Regina, intérpretes insubstituíveis que surgiram na mesma época. Maria Betânia, porém, está aí, representando-as e cantando como nunca!

PICADEIRO

“TRIBOS” TE ESPERA NO TEATRO

elenco-da-peca-tribos-com-antonio-fagundes-e-o-filho-bruno-fagundes-1378495942199_956x500

Excelente a peça “TRIBOS” que está sendo encenada no TUCA, Rua Monte Alegre, Perdizes, São Paulo. É produzida por Antônio Fagundes e seu filho Bruno, este com notável desempenho no papel de um surdo quase mudo. Um ótimo momento para refletirmos sobre minorias muitas vezes alijadas do convívio social pelos “outros” que se julgam “normais” mas que, na realidade, acabam formando “tribos menores” também alijadas do tal convívio social.

Direção do Ulisses Cruz, a peça é da britânica Nina Raine, e já foi sucesso em Nova Iorque.

Download PDF

Milton Pereira

Há mais de 30 anos como executivo de grandes empresas, hoje atua como Consultor em Liderança, Comunicação e Educação Corporativa.

Deixe seu comentário