0

NOSSA LÍNGUA:ERROS COMUNS E ARMADILHAS (2)

Download PDF

1.Verbos derivados de TER

Cuidado com essas formas verbais:

Se eu retiver o documento… e não “se eu reter…”

Se o recipiente contiver todo líquido… e não “se o recipiente conter…”

Quando ele mantiver seu estado de espírito normal… e não “se ele manter…”

Se Délio obtivesse nota alta no vestibular… e não “se Délio obtesse…”

2.Verbos derivados de PÔR

Se Caymmi compusesse mais canções… e não “se Caymmi composse…”

Quando Mário compuser um poema…e não “quando Mário compor…”

Se Márcia sobrepuser sua competidora… e não “se Márcia sobrepor…”

3.Verbos terminados em IAR

Essa regra varia muito (e não “vareia”); Félix anuncia sua nova empresa; Márcio cria e recria suas esculturas

Eles querem que os jogadores variem as jogadas; Fiquem em silêncio para que ela anuncie…;O esforço premia o vencedor (e não “premeia”)

(tudo normal, pois se tratam de verbos regulares)

Veja agora os verbos que fogem a essa conjugação regular:

Mediar- ele medeia o conflito e não “ele media…”; eles querem que eu medeie e não “medie”

Ansiar – Antônio anseia pelo Natal e não “ansia…”; Que todos anseiem pela paz  e não “ansiem”

Remediar- Ninguém remedeia o erro…e não “remedia” (Note que é como Mediar); Querem que Márcio remedeie aquela declaração infeliz e não “remedie”

Incendiar- O marginal incendeia… e não “incendia”; Pedem que o lixeiro incendeie… e não “incendie”

Odiar- Eu odeio café frio e não “eu odio…”; Não é correto que a esposa odeie… e não “odie”

(observe que as iniciais desses verbos, que fogem à conjugação regular nos Presentes do Indicativo e Subjuntivo 1ª,2ª(singular eu e tu) e 3ª pessoa (singular e plural,ele,eles,você e vocês) e formas derivadas do Imperativo, formam a palavra M A R I O )

4. Verbos terminados em EAR

Recebem um “I” nas 1ª,2ª (singular eu e tu) e 3ª pessoa (singular e plural,ele e você,eles e vocês) do Presente do Indicativo e Subjuntivo (além das formas derivadas do Imperativo)

Ele passe”I”a, Eu pente”I”o ( e não “pentio”), Quer que eu presente”I”e…;

Que eu sabore”I”e, Que nós saboreemos (essa forma não leva “I”); Pente”I”e o cabelo! ( imperativo, sujeito você,terceira pessoa);

Agora veja: eu fre”I”o, tu fre”I”as, ele fre”I”a, nós freamos (sem o “I”), vós freais (sem o “I” depois do “E”), eles fre”I”am

Observe: Sabore”I”e (imperativo 3ª pessoa , você), Saboreemos (Imperativo ,1ª pessoa, nós ,mas do plural,logo não pega o “I”); Joana quer que estreemos a peça… (sem o “I”); Joana quer que vocês estre”I”em… (com o “I”)

Bom,fiquemos por aqui para que “saboreemos” melhor essas armadilhas da nossa Língua!

 

Download PDF

Milton Pereira

Há mais de 30 anos como executivo de grandes empresas, hoje atua como Consultor em Liderança, Comunicação e Educação Corporativa.